Notícia na Tela

ARTIGO: MUDANÇAS

Por Notícia na Tela
14 de janeiro de 2017 16:49 Comentários
O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem ou de uma nação.
Oscar Wilde

Alguns dias de 2017 já se passaram e deve-se ter em mente que tempo é algo que ao se perder torna-se irrecuperável. É como diamante esfacelado que perde a grandeza da sua existência.
Sonhamos no intervalo entre os anos sobre mudanças e até refletimos sobre a metamorfose começar por cada um de nós, e é válido que comece, mas nem tudo depende apenas do querer.
Buscam justificar o status de uma sociedade confortável, porém, distante da realidade, em muitos argumentos, que a política, que a economia, que a segurança, que as leis.... precisam ser reformuladas, em parte sim, todos os sistemas desta nação precisam  de mudanças, mas o sistema que necessita de maior inovação e transformação, é o humano, que está no controle das coisas, que está gerindo sistemas e departamentos...  Este ser que um dia foi considerado antropocentrista e tomou esta ideia filosófica como absoluta... tem tido comportamentos que precisam ser conduzido a estudos científicos, para encontrar uma resposta contundente.
O ser humano descobriu alguns elementos negativos para se beneficiar e viralizou, a mentira, a falsificação, a esperteza, o egoísmo, o puxar tapete....e tais características conseguem envenenar as suas ações em qualquer situação que este indivíduo tiver inserido.
Agora é hora de observarmos em nós e também naqueles que nos circundam, para que as futuras escolhas sejam mais coerentes. O ano de 2017 promete, governos e secretárias novas, oportunidades de empregos, a busca pela realização pessoal e financeira, mas enquanto o individuo não se permitir ser conduzido pela honestidade, sinceridade, amor, altruísmo e maturidade, de nada adiantará todo o planejamento. É preciso ter em mente que as moires Guerras surgiram primeiramente no cérebro de um individuo, todas as manifestações e revoluções têm os seus mentores, aqueles que idealizaram, portanto, aprendamos a conviver com as limitações de compreensão, de humor, de conhecimento, de capacidade, de habilidade, enfim, nem tudo poderá fazer ou transformar, mas tudo que estiver ao teu alcance, assim fará.  Cuidado com cada palavra dirigida ela tem a mesma capacidade de ir e voltar, e as consequências são danificadoras.
No âmbito do juízo social, estamos na fase  observatória, ou seja, é neste momento que construiremos uma crítica ou um argumento favorável ou desfavorável, embora tenhamos este direito, é necessário ter equilíbrio para disseminar qualquer informação.
Se você não pode mudar seu destino, mude a sua atitude. Amy Tan.

Eliena Leal
Educadora da Rede Adventista.
Licenciada em Geografia pela Universidade Leonardo da Vinci
Pós – Graduanda em Educação Ambiental – Ucam
Especialização em TICs – Universidade corporativa – Educação Adventista