Notícia na Tela

Chuva em SP provoca alagamentos em bairros e lentidão no Metrô

Por Notícia na Tela
7 de janeiro de 2017 16:51 Comentários
Foto: Reprodução/ TV Globo
A chuva que atinge São Paulo na tarde deste sábado (7) deixa toda a cidade em estado de atenção para alagamentos. Para as regiões da Freguesia do Ó, Pirituba e Penha o Centro de Gerenciamento de Emergências, da Prefeitura, decretou estado de alerta após transbordamento de córregos.
Segundo o CGE, as Zonas Leste, Norte e Marginal Tietê foram as primeiras a serem afetadas, por volta das 15h30. Antes das 16h, porém, a Zona Sul, Marginal Pinheiros e o Centro também já tinham entrado em atenção. 
O temporal provocou alagamento na estação Jardim São Paulo do Metrô, e prejudicou a circulação de trens da Linha - Azul, que opera com velocidade reduzida. A Linha - 5 Lilás também apresenta lentidão por conta da chuva na região.
Segundo a CPTM, por conta de uma descarga elétrica, os trens da Linha 12 – Safira circulam com maior tempo de parada entre as estações Brás e Calmon Viana. Às 17h, o Aeroporto Internacional de Guarulhos operava por instrumentos.
Ainda de acordo com o CGE, às 17h a cidade registrava três pontos de alagamento intransitávis:
-Avenida Olavo Fontoura com Rua Brazelisa de Carvalho, na Casa Verde;
-Avenida Luis Dumont Villares, perto do número 1.500, Tucuruvi, nos dois sentidos;
-Avenida Águia de Haia com a Rua Nelson Tartuce, na Penha.
Na Zona Leste, os bairros com maior risco para alagamentos são Cidade Tiradentes, Guaianases, José Bonifácio e Parque do Carmo.
O mesmo quadro de chuva forte é observado no Tremembé, Jaçanã, Tucuruvi, Mandaqui, Cachoeirinha e Brasilândia, todos na Zona Norte.

De acordo com previsão dos meteorologistas do CGE, nas próximas horas novas áreas devem se formar em outras regiões, com potencial para formação de alagamentos e rajadas de vento.


Previsão
No domingo (08) o quadro não muda muito. Madrugada com termômetros por volta dos 21ºC e probabilidade de chuva fraca e isolada. As precipitações voltam a se intensificar a partir da tarde.
São esperados elevados volumes de chuva em função. As precipitações devem vir acompanhadas de descargas elétricas e eventualmente rajadas de vento, o que aumenta o potencial para queda de árvores. Umidade do ar com valores entre 60% e 95%
A próxima semana será marcada por temporais típicos de verão. A segunda-feira (09) vai começar com uma madrugada quente e abafada. O sol não deve predominar ao longo do dia, que terá muitas nuvens.
Mesmo assim, as temperaturas chegam facilmente aos 30ºC, com taxas de umidade do ar entre 48% e 90%. As pancadas de chuva estão previstas a partir da tarde e se estendem até o início da noite, mantendo as características de verão, ou seja, intensidade forte e acompanhadas de raios e rajadas de vento.