Notícia na Tela

Pres. Tan. Neves: Secretaria de saúde Joga medicamento fora mas não beneficia a população

Por Notícia na Tela
16 de janeiro de 2017 12:15 Comentários
FOTOS: ANANIS PEREIRA
O Notícia na Tela recebeu uma denúncia de que a antiga gestão havia jogado no lixão de Presidente Tancredo Neves, diversos medicamentos ainda em prazo de validade. Medicamentos estes que deviam ser entregues aos Postos de saúde para que a população pudesse ter acesso em caso de prescrição médica.
Tendo se deslocado até o referido lixão a redação de NT não encontrou os remédio dentro do prazo de validade, mas pode constatar com mostram as imagens a seguir que realmente foram descartados muitos deles já vencidos, na mesma irresponsabilidade o descarte de lixo hospitalar que é altamente perigoso para os profissionais da limpeza pública, até março de 2015 esta coleta era feita de forma separada e por uma empresa especializada. Voltando aos medicamentos em prazo de validade, encontramos uma família em que uma pessoa faz uso do SABUTAMOL e, ali tinha diversas caixas.
A Redação conversou com a pessoa que tem o problema de ASMA e precisa da chamada bombinha de sabutamol. Ficticiamente vamos chamar esta paciente de “JOANICE”. Segundo Joanice cada caixa custa em média de R$ 25,00 sendo que a depender do seu estado de saúde dá para apenas vinte dias. Ela falou: “assim que o rapaz da máquina mim falou eu fui olhar e peguei para meu uso por que ainda estava no prazo de validade, é uma vergonha (Ananias), porque eu passei pelo menos uns quatro meses indo na secretaria e eles dizendo que não tinha, agora tem no lixo”.

As imagens do Sulfato de Sabutamol foram feitas das que a fictícia “Joanice” disse ter pegado no lixão. Conversando com uma pessoa que estar trabalhando no aterro do lixão ele disse ter visto de fato muito material, mas que não teve a curiosidade de averiguar se eram válidos.

Ressaltando que a reportagem não conseguiu comprovar se de fato havia no lixão remédio em validade, em função de as maquinas estarem trabalhando e terem empurrado e misturado tudo. Mas de qualquer forma houve a negligencia e desrespeito com o dinheiro publico. (Notícia na Tela)








2 comentários:

  1. Gravíssima essa situação de descarte de forma inadequada de lixo hospitalar, seringas e medicamentos pondo em risco a saúde de outras pessoas. Uma vergonha!

    ResponderExcluir
  2. Estranho haver esse descarte irresponsável. Será que foi mesmo da secretaria de saúde? Duvido. Havia uma empresa contratada para descartar produtos com validade vencida. Havia certo rigor nesse tipo de assunto, pelo q via.

    ResponderExcluir