Notícia na Tela

Ex-PM natural de Ipiaú é preso acusado de abusar de criança de 07 anos em Teixeira de Freitas

Por Notícia na Tela
27 de outubro de 2017 21:19 Comentários
Um idoso identificado como Florisneto Miranda Santos de 65 anos de idade, natural de Ipiaú, foi preso na tarde desta quinta-feira (26) em Teixeira de Freitas, acusado de abusar de uma criança de 7 anos. 
Segundo informações do blog Liberdade News, policiais militares do PETO realizavam rondas ostensivas pelo bairro Tancredo Neves, quando foram parados por uma mulher que relatou que a sua filha, de 07 anos de idade, havia chegado em casa com dinheiro e apresentado um comportamento estranho. A mulher relatou que a sua filha se negou a tomar banho para ir para a escola, algo que nunca tinha ocorrido. Diante dos fatos, os militares colheram informações e chegaram até a residência do suspeito. Em seguida a polícia conseguiu localizar Florisneto que reside na Rua Cajuíta, no bairro Tancredo Neves. Questionado sobre o envolvimento com a criança, o acusado disse  aos militares que deu R$ 3,00 (três reais) à criança, confirmou que abraçou a garota, mas negou ter abusado da mesma. Mas, a criança e uma testemunha relataram que o idoso acariciou as partes íntimas da menina. Ao realizar uma revista na residência do acusado, os militares encontraram 01 pacote de pirulitos, que segundo a polícia, seriam usados para atrair crianças. Ainda no local os militares encontraram 02 filmes pornográficos que continham cenas de sexo com adolescentes e na capa de um dos filmes aparecem crianças. Diante dos fatos, os militares prenderam o acusado que foi conduzido até a sede da DEAM, onde o caso foi registrado e apresentado à delegada Kátia Cielber, sendo encaminhado logo em seguida para a sede da 8ª COORPIN, onde seguirá preso à disposição da Justiça.
Ainda segundo o blog Liberdade News, Florisneto foi expulso da Polícia Militar de Minas Gerais por problemas com álcool [segundo o próprio], e que o mesmo já teria abusado de uma adolescente de 14 anos de idade. Provavelmente no bairro poderá ter mais vítimas do pedófilo.
Bahia em Dia