Notícia na Tela

Pres. Tan. Neves: Em Corte de Pedra falta agilidade para liberar ruas em obras da Embasa

Por Notícia na Tela
4 de outubro de 2017 08:28 Comentários
FOTOS: ANANIAS PEREIRA
No distrito de Corte de Pedra , há aproximadamente trinta dias, a Embasa concluiu a obra de abastecimento das casas populares e, como consequência da obra, ficou um pequeno percurso escavado na pavimentação que ,matematicamente, não atinge aos 300 metros de extensão. 
O fato é que foi aberto uma vala de, em média, um metro de largura para passagem dos canos na entrada da Rua Santo Antonio (Rua do Vice Prefeito), passando em frente a "Dona Flor” seguindo sentido Rio do fato, onde há um resto de ponte que precisa de atenção também. Apesar do pequeno percurso  já temos uma semana de sol, e não há ninguém no local trabalhando. 
Recentemente foi denunciado por um determinado vereador em uma sessão ordinária que, o contrato com a Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A. já está vencido há muito tempo e que é preciso a regularização para que alguns serviços sejam cobrados e exigidos pelo cidadão e poder público. 

Sem o devido Contrato, estaria operando na ilegalidade?
Para esta nova assinatura seria de extrema importância que o município se preocupasse em exigir o melhoramento do abastecimento e a avaliação dos reparos feitos nas obras realizadas pela Embasa nas ruas e vias do município, quem quebrou concerte, abriu feche. Assim esta demanda de tempo seria reduzida. 
Tendo como exemplo o procedimento adotado no trabalho que foi realizado nas casas populares, de extrema rapidez e sem ônus para o tráfego, uma vez que a máquina abria a vala, a equipe instalava a tubulação e a máquina  já voltava fechando e liberando a rua, perfeito. Desta forma seria ótimo também na pavimentação. 

Quanto ao conserto de calçamento, entramos na segunda semana e é indispensável que as pedras sejam removidas do meio da rua.
Espaço aberto para pronunciamento.  Notícia na Tela