Notícia na Tela

Corregedoria afasta PM suspeito de estuprar jovem durante corrida da Uber

Por Notícia na Tela
7 de novembro de 2017 16:47 Comentários
O soldado da Polícia Militar, identificado como Agnaldo Alves, foi afastado pela Corregedoria da corporação após a denúncia de que ele teria violentado uma adolescente de 17 anos no último dia 25 de outubro. Na ocasião, o suspeito estava trabalhando como motorista do aplicativo Uber e teria pego a jovem como passageira em Sussuarana.
De acordo com a PM, a Corregedoria instaurou um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar o envolvimento do soldado no estupro da adolescente. Durante a investigação, ele fica afastado das atividades operacionais na 19ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Paripe, onde é lotado.
Caso seja confirmado o crime, o policial pode ser exonerado do cargo. A apuração da Corregedoria tem efeito apenas militar. A investigação do crime cabe a Polícia Civil.

Caso
A adolescente registrou queixa na Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Derca), onde o caso é investigado. De acordo com relato dela, ela solicitou um carro da Uber para sair do bairro de Sussuarana para ir para Plataforma.
A jovem conta que o motorista desviou o percurso e parou em uma rua deserta, onde consumou o crime. Ele chegou a agredir a vítima com um estilete. Após o crime, a jovem foi abandonada na rua e desmaiou. Ela foi socorrida por populares.
A TARDE