Notícia na Tela

Mancini pede punições sérias após confusão em Campinas

Por Notícia na Tela
27 de novembro de 2017 18:40 Comentários
Foto: Arisson Marinho | Correio
O resultado de 3x2 sobre a Ponte Preta foi ótimo para o Vitória, mas a partida ficou marcada pelas cenas lamentáveis protagonizadas pela torcida do time paulista antes mesmo do apito final do árbitro. Após o terceiro gol do Leão, alguns torcedores invadiram o campo com pedras e tentaram agredir jogadores. 
O técnico Vagner Mancini condenou a situação. De acordo com o treinador, os jogadores já estavam em alerta para uma possível confusão. A derrota rebaixou a Ponte Preta para a Série B. “As autoridades precisam entender que têm um peso grande nisso, precisam punir. Não tem outra maneira. O futebol brasileiro não pode mais viver assim. A gente que vive do futebol está cansado de repetir as mesmas palavras. Não é possível você vir fazer o seu trabalho e poder ser morto, ser pisoteado. Precisamos de penalidades que sejam aplicadas aos infratores”, disse o treinador. 
Ainda de acordo com Mancini, na correria para os vestiários, o atacante André Lima lesionou o joelho ao cair nas escadas. Já o volante Yago passou mal logo após a confusão, iniciada aos 37 minutos do segundo tempo. Só após muita discussão, o árbitro da partida decidiu encerrar o jogo. 
“Até os atletas da Ponte entraram nos vestiários do Vitória, muita gente caindo nas escadas, ninguém sabia o que poderia acontecer e só depois, aos poucos, as coisas foram alcalmando”, contou o técnico rubro-negro.
O triunfo de virada, em um jogo que o Leão tomou dois gols logo no início da partida, deixou o Vitória em 15º lugar no Brasileirão, com 43 pontos. Apesar de ter subido, a situação não é cômoda, já que o Coritiba (16º) também tem 43 e Sport e Avaí, ambos na zona de rebaixamento, somam 42. A última rodada será disputada no próximo domingo (3).
O Vitória recebe o Flamengo no Barradão e precisa ganhar para não depender de outros resultados. O Coritiba visita a Chapecoense; o Sport também joga em casa, contra o Corinthians; e o Avaí pega o Santos, fora de casa. Dois destes clubes vão se juntar a Ponte Preta e Atlético-GO na Série B do ano que vem.

A batalha em Campinas deixou sequelas. O Leão terá desfalques do zagueiro Wallace, do lateral-esquerdo Geferson e do centroavante Tréllez, todos suspensos. O atacante David, que deixou o campo lesionado, será reavaliado pelo departamento médico.
Correio 24h