Notícia na Tela

Quanto anos a população levará para desfrutar, destes, até então elefantes brancos?

Por Notícia na Tela
8 de novembro de 2017 15:38 Comentários
As imagens registradas  pelo fotógrafo Rosenildo Santos, apresentam o verdadeiro cenário  de canteiros de obras abandonados no município de Presidente Tancredo Neves, que existe de tudo, quadra poliesportivas, creches, postos de saúde, calçamento... o que não faltam são obras para as quais o dinheiro foi liberado pelo governo Federal  e virou gazes, sumiu. 
Para começar precisamos falar com muita clareza da reforma do Hospital municipal, este que recebeu uma verba de R$ 500.000,00, para tal serviço. Todos que precisam dos serviços, como paciente ou profissionais da saúde, têm nos cobrado insistentemente uma busca de resposta para a paralização. Não temos muito o que descrever pela obra parada, já que está parada há tempo. 
Tentamos contato com Diretor da unidade e com muita sobriedade foi repassado para a redação do Notícia na Tela a seguinte informação:
“O contrato foi travado na Caixa Econômica Federal em virtude de uma irregularidade com o CNPJ utilizado no início do contrato, para isto foi utilizado o da prefeitura, que não deveria. 
Segundo Edinei Meneses, esta questão já foi resolvida, mas que a Caixa cobrou o documento de aquisição do terreno, adquirido na gestão do Ex prefeito Cândido, o que não foi localizado nos arquivos da prefeitura, tendo em vista que era preciso para liberação dos valores perante a instituição financeira, o jurídico, mas já entrou com os procedimentos legais e aguarda para a próxima semana a retomada das obras”.
Em contato com setor municipal de Convênios nos passou a seguinte condição:

"a previsão é que até o próximo dia 15 seja feito o pagamento pela caixa, da primeira parcela, pois o empreiteiro fez a obra por sua conta e chegou a um momento em que ele n tinha viabilidades, após essa parcela, será dada continuidade à obra.Tem a reforma do estádio que também está na mesma situação junto ao ministério do esporte

Tem a obra de pavimentação do Nova Aurora, estamos aguardando a liberação do recurso pela caixa, foi enviada a medição e estamos aguardando a liberação do recurso, previsão também até o dia 15 ser liberada e consequentemente continuidade da mesma."

Esclarecido a questão do Hospital, voltemos às demais obras que o município tem, caindo os pedaços, enquanto o povo vive a  falta de humanização e qualidade alinhadas a condições diga de trabalho. Só quem está em determinado setores sabe como é importante que as obras sejam concluídas. E mais ainda, quem precisa sair do Bairro Nova Aurora para levar um filho na escola que não é creche, no Bairro do Ginásio, entre outras questões. Aos moradores da Gendiba, que vê uma Unidade Básica de Saúde em sua comunidade servindo de moradia para cobras e ratos. Dentre estas todas, a de menor importância é a quadra poliesportiva na Avenida Ipiranga. 

Disse o diretor de convênios:

"Sobre os postos de saúde e as creches que estão paradas, são obras que encontramos com uma serie de problemas, desde a sua execução, inexistência de recursos em conta, ausência de documentos, bem como prestação de contas ou seja, estão inviabilizadas de sua continuidade".


O que nunca foi respondido em nenhuma gestão que sucederam todos estes desvios, ou não, será que erraram nos cálculos e o dinheiro foi insuficiente? Mas a grosso modo, alguém levou a grana? Quem? 
 Para a atual gestão fica a obrigação de explicar a sociedade como seria possível entregar as obras ao cidadão tancredense, mas para isso, antes, é preciso entregar os responsáveis  pelo sumiço dos valores. Logicamente que com um bom planejamento também pode concluir algumas e fazer diferente. Todos tiveram suas responsabilidades não é diferente agora.



 Notícia na Tela