Notícia na Tela

Brasileirão,Termina com Bahia em 12º e Vitória escapando pela fresta

Por Notícia na Tela
4 de dezembro de 2017 09:19 Comentários
Na tarde deste domingo, o Bahia encerrou sua participação nas competições de 2017, com um empate em 1 a 1 com o São Paulo, no Morumbi.

Com o empate, o Esquadrão fecha o Brasileirão de 2017 na 12ª posição, com 50 pontos conquistados.
Com remotas chances de classificação para a Libertadores via G-8 ou G-9, Bahia e São Paulo fizeram uma partida franca, entre equipes que não tinham mais nada a perder.
No primeiro tempo, as equipes encontraram dificuldades para criar oportunidades de gol. Com isso, os goleiros pouco trabalharam.
Assim como foi costume durante o Brasileirão, o Bahia incomodava na maior parte das vezes em contra-golpes, principalmente com Mendoza.
A melhor oportunidade criada pelo Bahia nos 45 minutos iniciais aconteceu após erro de passe do meio-campo do São Paulo. Renê Júnior tocou para Allione, que driblou Rodrigo Caio e chutou para fora.
Já no segundo tempo, a partida ganhou em ofensividade, com lances perigosos dos dois lados logo no começo da partida. Pelo lado do Bahia, Régis e Allione tiveram oportunidades antes dos dez minutos.
Mas, aos 18 minutos, foi o São Paulo quem abriu o marcador no Morumbi. O jovem atacante Brenner, de apenas 17 anos, recebeu passe e finalizou para o fundo das redes do Esquadrão.
Após abrir o placar, o São Paulo quase ampliou em cobrança falta por Shaylon. Jean, no entanto, fez uma grande defesa.

O empate tricolor aconteceu no final do jogo. Após cruzamento que partiu da direita, Eder concluiu a gol e definiu o empate em 1 a 1.
 
VITÓRIA


Não é o resultado que a nação rubro-negra queria, tampouco o elenco do técnico Vagner Mancini. Um triunfo diante do Flamengo seria um prêmio para a superação de todas pedreiras no caminho do Leão na Série A. Porém, apesar da derrota para os cariocas por 2 a 1, ela não apagou o esforço que foi manter o representante baiano na Série A. Era o objetivo de um grupo que teve um primeiro turno ruim, mas soube dar a volta por cima com Mancini e terminar o ano na Série A, mesmo virtualmente rebaixado, com 12 pontos em 15 jogos na primeira metade da competição, antes de o atual treinador chegar. Com Mancini, o time fez 22 jogos, conquistando 31 pontos, um aproveitamento de 47%, rendimento de Libertadores. Agora é levantar a cabeça e se despedir de 2017, uma temporada de aprendizado para que 2018 seja muito mais iluminado.
A torcida do Vitória foi brilhante. Única. Vibrou, empurrou até o fim. E, com certeza, está com o coração e a fé muito mais fortes após o último jogo do ano. No ritmo da torcida, que lotou o Barradão, o Leão foi pra cima, apenas com o objetivo de vencer o duelo. Apesar das tentativas, o gol saiu apenas no final do primeiro tempo, aos 40 minutos, com Carlos Eduardo. No retorno do segundo tempo, apesar de o Vitória permanecer ditando o ritmo, o Flamengo acabou igualando a partida, aos 29 minutos, com Rafael Vaz. Mesmo com o empate, o Leão permanecia fora da zona, pois Avaí e Coritiba também empatavam seus jogos.
Eis que para o final, foi reservado um drama digno de novela. Aos 48 minutos, pênalti para o Flamengo, convertido por Diego. Entretanto, quase ao mesmo tempo, a Chapecoense virou o duelo com o Coritiba, mantendo o Vitória na Série A de 2018. As cortinas do Brasileirão se fecham e o grupo ganha férias, retornando em janeiro.