Notícia na Tela

Professora morre salvando crianças dentro da escola X Anitta é eleita mulher do ano

Por Notícia na Tela
1 de dezembro de 2017 13:55 Comentários
Qual é o verdadeiro valor e prestígio que a sociedade emprega para as pessoas de brilho ofuscado pela demagogia do sucesso nos holofotes destes olhos e dedos brasileiros?
Todo brasileiro que tem o hábito de acompanhar, ao menos uma vez por semana, alguma fonte jornalística, ficou sabendo da determinação e bravura de uma mulher regida pelo amor as criança e ao magistério que escolhera como profissão. A professora Helley de Abreu Silva Batista, 43. 
Dedicada às suas funções, a pedagoga estava sempre preocupada em promover novas formas de ensino para que os alunos tivessem melhor desempenho no aprendizado. Uma das principais bandeiras de Helley era a inclusão de alunos com algum tipo de deficiência, área em que se especializou em 2016. "Era uma aluna preocupada com os rumos da educação, discutia métodos, queria maior interação, fruto do amor que tinha pela sala de aula e seus alunos", disse a pedagoga Tania Maria Silva, professora de Helley no curso de pós-graduação em Educação Especial Inclusiva.
Já Larissa de Macedo Machado, 24 anos, mais conhecida pelo nome artístico Anitta, é uma cantora, compositora, apresentadora e atriz brasileira. Larissa começou a cantar aos 8 anos em um coral de uma igreja católica no bairro Honório Gurgel, no Rio de Janeiro. Aos 16 anos, cursou administração em uma escola técnica e foi chamada para estagiar na mineradora Vale. Em 2010, após postar um vídeo no YouTube, Renato Azevedo, o então produtor da gravadora independente Furacão 2000, a chamou para assinar contrato com o selo. (wikipedia)
Contextos diferentes e em mundos opostos, muito embora, na mesma nacionalidade, visto e mostrado pelos mesmos veículos causou repúdio na redação do Notícia na Tela. 
Quando uma professora morre no exercício de sua função, dentro de uma escola que sofreu um atentado, planejado, incêndio criminoso que deixou 09 pessoas mortas em Minas Gerais e uma Revista elege a cantora Anitta como a mulher do ano, por qual motivo?
Ter e transmitir conteúdo que contribuam para formação de pessoas civilizadas, formadores de opiniões, construtores de argumentos próprios e contribuir com a racionalidade, agora é menos significativo do que o efeito de ridicularizar fãs, humilhar, esnobar numa fila de autógrafos, está no auge da representatividade da sensualidade sexual merece mais visibilidade.

De uma vez por todas, o defeito e regresso do Brasil, não está nos políticos sem escrúpulos, mas nestas pessoas que não se dão o valor de aflorar suas capacidades e inteligências, estas que vivem de brilho artificial. A mulher do ano foi, sim, a heroína professora Heley de Abreu Silva Batista, 43, esta que morreu na tentativa de salvar vidas. 
Notícia na Tela