Notícia na Tela

Ex-prefeito vai recorrer de sentença que o deixou inelegível, na Bahia

Por Notícia na Tela
18 de abril de 2018 15:25 Comentários
O ex-prefeito de Irecê, no centro norte, Luizinho Sobral, disse que irá recorrer à decisão da Justiça que o declarou inelegível por oito anos. A sentença – determinada pelo juiz eleitoral José Onofre Alves Júnior – considerou abuso de poder de comunicação nas eleições de 2012, quando Sobral se elegeu. O político teria tido “tratamento privilegiado” na Rádio Líder FM. Em nota de resposta, o ex-prefeito disse que a decisão de 1ª instância não o afasta de se candidatar neste ano e afirmou que não cometeu irregularidades. “Tenho certeza que o Tribunal Regional Eleitoral fará justiça e julgará com isenção todos os fatos e trará a verdade à tona. Não cometemos nenhuma irregularidade eleitoral nas eleições de 2012, e isso está mais do que provado”, declarou Luizinho. O ex-gestor dissea também que pretende se candidatar a deputado estadual. Ainda sobre a resposta à decisão, Sobral acusa o juiz José Onofre de parcialidade no caso que deixou o político inelegível. Devido a isso, Luizinho disse que já acionou o magistrado ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), alegando parcialidade e interferências contínuas do “seu amigo íntimo e atual Procurador da Prefeitura de Irecê, Alex Machado".

BN