Notícia na Tela

Corte de Pedra: Associação encaminha ofício pedindo providências sobre sinal de telefonia e é atendida. Entenda

Por Notícia na Tela
22 de maio de 2018 12:10 Comentários
A Associação União de Moradores de Corte de Pedra que, há trinta e dois anos, vem servido a população local, municipal regional e até mesmo pessoas de vários municípios da Bahia, com projetos sociais (serviço local) e através do Centro de Tratamento de Leshimaniose uma referência na Bahia, buscou, por meio de sua diretoria atual, intervir na necessidade de implantação de uma torre de telefonia móvel.
Fotos: Asses. Elisângela
A Associação União de Moradores de Corte de Pedra que, há trinta e dois anos, vem servido a população local, municipal regional e até mesmo pessoas de vários municípios da Bahia, com projetos sociais (serviço local) e através do Centro de Tratamento de Leshimaniose uma referência na Bahia, buscou, por meio de sua diretoria atual, intervir na necessidade de implantação de uma torre de telefonia móvel.
Como é do conhecimento de 100% da população tancredense que o Distrito de Corte de Pedra já está a quase oito meses sem o precário sinal da claro, mesmo que a prefeitura e algumas lideranças tenham se mobilizado e gastado uma fortuna pra nada, foi válido a tentativa, mas erraram no pagamento antecipado, pagou sem o serviço. Desta forma AUMCP, com articulação de Silvanei Barbosa e o intermédio de Elisângela Araújo, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), encaminhou um ofício para a Secretaria de Infraestrutura, Transportes Energia e Comunicação (SEINFRA), pedindo uma torre de celular no referido distrito.


O governo estadual está elaborando um projeto para ampliar a cobertura de operação da Claro, que detém a exploração do serviço no Estado, principalmente para localidades com situações idênticas de Corte de Pedra, sendo assim, existe um critério para o primeiro lote de 150 implantações. Segundo o Diretor da pasta Robério Ronald, em Fevereiro de 2018, quando foi feito o primeiro contato pela assessoria de Elisangela Corte de Pedra estava fora da lista, justamente pela falta de informações e justificativa.
Assim, a AUMCP protocolou o ofício com a demanda e na data de 21 de Maio de 2018, em mais uma visita de representantes da comunidade ao  Órgão, junto com Elisangela, foi então confirmado que, pela agilidade da Associação, Corte de Pedra atende aos critérios e passa a compor a lista do primeiro bloco do projeto do Governo estadual, com previsão pra ser assinado agora em Junho e execução ainda para este ano.
Entre um paliativo e uma solução, parece que vale a pena esperar um pouco mais. Quando a obra é gigantesca aparecem os pais, mas o prestigio provém do associativismo.
Notícia na Tela
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br