Notícia na Tela

Prefeito, vice, vereadores, secretários, cargos políticos e comissionados agora terão direito ao 13º salário

Por Notícia na Tela
30 de maio de 2018 18:16 Comentários
Conforme Emenda à Lei Orgânica de número 001/2018 de 13 de Abril de 2018, em Presidente Tancredo Neves, foi modificada e acrescentada a lei dando aos principais líderes políticos o direito ao 13º salário acrescido do 1/3 de férias além do adicional de férias, a mudança é válida para cargos político e comissionados, secretários e vereadores, prefeito e vice-prefeito. 
O Site Notícia na Tela publicou com exclusividade no dia 26 de abril, uma matéria, em que relatava ao seu leitor, exatamente esta manobra na Câmara de vereadores, que estava acontecendo de maneira sigilosa, para que não fosse de conhecimento da população. E seus efeitos será o custo no final de cada ano que poderia render ao município uma unidade de saúde, uma escola, um término de cada elefante branco do município.
Seria esta a preocupação que estes representantes tem com o bem estar da população?
Por outro lado o tancredense é um povo acomodado que não busca ser fiscalizador e nem se mobiliza para fazer valer seus diretos. Confira a proporção impactante nos cofres públicos com a nova emenda aprovada pelos legisladores que nada explicam a população.
Vale destacar que os valores a seguir são com referência a prestação de contas do mês de março de 2018 e que, a reportagem considerou para os cargos comissionados os salários base, sem as gratificações:
CARGO
13º SALÁRIO
1/3 DE FÉRIAS
TOTAL
Prefeito
R$ 15.000,00
R$ 5.000,00
R$ 20.000,00
Vice-prefeito
R$ 7.500,00
R$ 2.500,00
R$ 10.000,00
Secretários  (07)
R$ 5.000,00
R$ 1.666,67
R$ 6.666,67x7
C. Comissionado I
R$ 3.279,00
RS 1.093,00
R$ 4.372,00
C. Comissionado II
R$ 954,00
R$ 318,00
R$ 1.272,00
C. Comissionado II
R$ 4.160,00
R$ 1.386,67
R$ 5.546,67
Vereadores (11)
R$ 6.000,00
R$ 2.000,00
R$ 8.000,00 x11

Total geral:
R$ 175.857,36


Seria um dos fatores pelos quais não é visto qualquer denúncia de todo corpo fiscalizador em que seja apresentado os números, em contratos, notas emitidas, serviços “prestados”. É este o motivo para não haver oposição na Câmara de vereadores?
Notícia na Tela
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br