Notícia na Tela

Vitória recusa proposta por Marinho; nova reunião acontece quinta

Por Notícia na Tela
4 de janeiro de 2017 19:12 Comentários
Foto: Marina Silva/CORREIO
Desde as 14h desta quarta-feira (4), os torcedores rubro-negros - de Salvador e do Rio de Janeiro - ficaram aflitos com a reunião entre o diretor de futebol do Vitória Sinval Vieira e Jorge Machado, empresário do atacante Marinho. Foram quase quatro horas de portas fechadas, mas nenhum acordo firmado. Nesta quinta (5), às 10h, o atleta se pronunciará na sala de imprensa do Barradão e, em seguida, se reunirá com a diretoria do Leão e seus representantes. 
De acordo com Sinval, Machado apresentou uma proposta do futebol chinês que não agradou ao Leão. “Ainda não chegamos a nenhum acordo. Amanhã (hoje) vamos nos reunir novamente, às 10h. Nos foi proposto um valor inferior ao valor da multa, e isso nós não vamos aceitar. Não podemos errar nesse caso”, explicou o diretor rubro-negro. A multa rescisória de Marinho custa 5 milhões de euros, o que equivale a aproximadamente R$ 17 milhões.
Antes do encontro com Machado, o dirigente do Leão já havia se manifestado e informou que Marinho só seria liberado caso algum clube pagasse a multa rescisória em seu valor integral. Do montante, 50% seria destinado ao Vitória, 30% ao Cruzeiro e os outros 20% à empresa JMB, que agencia o atacante. Até então, nenhum clube brasileiro ou estrangeiro se mostrou disposto a desembolsar o valor.
Um dos interessados no jogador, o Flamengo já avisou que não vai fazer nenhum investimento nesse valor pelo atleta. “Marinho é um jogador que nos interessa, mas tudo vai depender da condição dele vir. Nenhum clube brasileiro pode pagar a multa. Se ele ficar no Brasil, somos candidatos a contratá-lo”, disse o vice de futebol do clube carioca, Flávio Godinho, em entrevista ao globoesporte.com.
Marinho é o principal jogador do elenco rubro-negro. O atleta de 26 anos chegou ao Vitória em janeiro de 2016 e foi artilheiro da equipe na temporada, com 21 gols. Titular absoluto na Série A, ele atuou em 27 jogos e marcou 12 gols. Além disso, foi artilheiro da Copa do Brasil, ao balançar a rede seis vezes. (Correio)
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!