Notícia na Tela

Generais do governo Bolsonaro perguntam: 'Cadê o Queiroz?', sobre ex-assessor de Flávio

Por Notícia na Tela
13 de dezembro de 2018 11:02 Comentários
Entre generais do futuro governo de Jair Bolsonaro, a pergunta nos bastidores é: Cadê o Queiroz?, em referência ao ex-motorista de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), deputado estadual e senador eleito.

Ouvidos pelo blog nesta semana, integrantes militares do governo Bolsonaro se dizem "preocupados" com o silêncio do ex-assessor Fabrício José Carlos de Queiroz. O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) encontrou uma movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão na conta do ex-motorista de Flávio.

No relato de um futuro ministro, o empréstimo que Bolsonaro diz ter feito ao motorista – e que justificaria o pagamento de R$ 24 mil na conta de Michelle Bolsonaro – teria sido usado por Queiroz para pagar a compra de um carro.

Na semana que vem, o governo de transição espera que Queiroz deponha ao Ministério Público e explique o caso.

Nesta quarta-feira (13), Jair Bolsonaro afirmou que ele e o filho Flávio Bolsonaro pagarão "a conta" se houver algo de "errado" com Fabrício José Carlos de Queiroz.

Já entre assessores político do presidente eleito, quando são questionados sobre mais informações sobre as funções que assessores contratados pelo gabinete na Câmara – e que aparecem no relatório do Coaf – desempenhavam durante o mandato do então deputado, afirmam que quem teria mais detalhes seria o chefe de gabinete de Bolsonaro, Jorge Francisco.

Jorge, que faleceu em abril de 2018, foi capitão do Exército. Ele era muito próximo da família e trabalhou com Bolsonaro por cerca de 20 anos, segundo assessores disseram ao blog.
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!