Notícia na Tela

Ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro fecha acordo de delação premiada com a PGR

Por Notícia na Tela
23 de janeiro de 2019 13:28 Comentários
O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, assinou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR). Segundo o jornal O Globo, na colaboração, ele relata pagamentos de propina e caixa dois a nomes como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM).

Ainda de acordo com a publicação, a delação atinge pelo menos 14 políticos de partidos como PSDB, MDB, PP, PT e DEM. Além disso, traz também relatos sobre operações feitas com instituições financeiras para lavagem de dinheiro. 

A delação foi assinada no início deste ano pela procuradora-geral da República Raquel Dodge. Logo em seguida, deve ser enviada ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, para homologação. A decisão sobre isso só poderá ser tomada pelo ministro em fevereiro, quando a Corte volta do recesso forense.

Ainda conforme o Globo, a PGR não aceitou o pedido da família Mata Pires, que controla a OAS, para inclusão deles no acordo. Um dos donos da empreiteira, o empresário baiano César Mata Pires Filho, chegou a ser preso no fim do ano pela Lava-Jato e foi solto após pagar fiança de R$ 29 milhões.
BNews

NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br