Notícia na Tela

MPF suspeita de vazamento da operação contra Temer e Moreira Franco

Por Notícia na Tela
29 de março de 2019 19:35 Comentários
Beto Barata/PR/Felipe Cotrim/VEJA
O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, ambos do MDB, se falaram por meio de um aplicativo de mensagens na madrugada do dia em que foram presos, 21 de março, segundo o Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro que apresentou, nesta sexta-feira 29, denúncia contra os dois por peculato, lavagem de dinheiro e corrupção na construção de Angra 3.

De acordo com os procuradores, a comunicação entre os dois é um forte indício de que eles tiveram informações privilegiadas sobre a prisão iminente. E, também por isso, uma justificativa suficiente para o pedido de prisão preventiva dos dois.

O primeiro contato ocorreu à 1h24. Temer manda uma mensagem para Moreira perguntando se ele estava acordado. Por volta de 1h40, o ex-ministro tenta telefonar para o ex-presidente sem sucesso. Ele, então, responde dizendo que está acordado e que tentou ligar.

Os procuradores rastrearam os contatos entre os dois por pelo menos 80 dias, revelando que, ao longo deste período, eles nunca se falaram de madrugada. “Nos causou espécie que a menos de cinco horas da prisão eles tenham se comunicado de madrugada”, disse Eduardo El Hage, coordenador da força-tarefa do MPF. “É um indício de um possível vazamento”, acrescentou.
Veja
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!