Notícia na Tela

Operação Câmara Limpa: Dois advogados são presos e presidente da Câmara foge na cidade

Por Notícia na Tela
9 de abril de 2019 07:49 Comentários
Agência de Notícias RBN
De forma exclusiva o correspondente da RBN FM, Marcos Oliveira, informou na tarde desta segunda-feira (08), dentro do Programa Ronda Policial, que desde as primeiras horas de hoje que acontece na cidade de Abaré/BA, a primeira fase da “Operação Câmara Limpa”, com a participação de 12 viaturas das policiais militar e civil, para cumprirem mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juiz da Comarca de Chorrochó, Doutor Claudio Pantoja. A operação mira membros da Câmara de Vereadores da cidade.

Na ação foram cumpridos 06 mandados de busca e apreensão; 03 mandados de prisão preventiva em desfavor de Edevaldo Nunes de Paiva advogado, Valdemi Amâncio Gomes presidente da comissão de licitação da Câmara de Vereadores de Abaré-BA e Vivaldo Oliveira Maciel, Advogado. O presidente da Câmara, Adriel Antônio de Paiva Silva, é considerado foragido da justiça.

Em entrevista à Rádio Sertaneja FM, o Comandante do 20º BPM de Paulo Afonso, Tecn. Carlos Humberto (Cachorrão), informou que a operação é de iniciativa do Promotor de Justiça Leonardo Bitencourt e do Juiz da Comarca de Chorrochó, Cláudio Pantoja, “Não posso dizer hoje que é uma satisfação em está aqui nessa casa para cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra o presidente dessa casa. É uma operação de iniciativa do senhor promotor de Justiça Bitencourt e do doutor Juiz Cláudio Pantoja, esses dois homens abnegados por promoverem a justiça social, investigaram e estabeleceram como meta o cumprimento da 1ª fase da operação Câmara Limpa, pelas policiais da região, Militar e Civil”.

Cachorrão destacou que nesta segunda-feira (08), foram cumpridos três mandados de prisão e seis de busca e apreensão, “Hoje nós cumprimos três mandados de prisão de quatro pessoas nessa primeira fase e seis buscas e apreensão”.

O comandante destacou ainda que um outro mandado de prisão é contra o vereador Valdemi Amâncio Gomes, presidente da Câmara e que fugiu da operação no momento que estava na casa de sua namorada no Distrito de Ibó, “O presidente da casa infelizmente fugiu da casa da namorada de Ibó, deixando para trás seus documentos pessoais e notebooks que foram apreendidos e a parti de agora ele é considerado foragido. As informações estão contando no mandado de prisão e de busca e apreensão, cabe ao Ministério Público e ao Judiciário, nas pessoas do Leonardo Bitencourt, promotor da região e o Juiz Pantoja, fazerem os esclarecimentos, a nós policiais coube nesse momento apenas o cumprimento dos mandados.

Sobre o presidente da Câmara, Cachorrão disse que assim que for encontrado o mesmo será conduzido para uma delegacia policial, “Onde o presidente for encontrado, ele será preso e apresentado na delegacia para cumprimento do mandado e formalizações das medidas próprias”.
Agência de Notícias RBN

NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!