Notícia na Tela

Polícia estoura fábrica clandestina de armas, munições e explosivos na Zona Norte

Por Notícia na Tela
22 de agosto de 2019 09:16 Comentários
Policiais da UPP Vila Cruzeiro, junto com o 3º BPM (Méier), estouraram, na noite desta quarta-feira, uma fábrica clandestina de armas, munições, coletes balísticos e explosivos, localizada em uma vila de casas no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio. Dois homens foram presos em flagrante no local que produzia e abastecia facções criminosas do Rio.

A residência, localizada na Rua Daniel Carneiro, era monitorada pelo setor de inteligência da UPP Vila Cruzeiro há duas semanas. Os presos são Israel Alves Silva, 30 anos, e Rafael dos Santos Teixeira Weitzel, 25 anos. Weitzel tem três anotações criminais, tendo sido condenado pelos crimes de roubo majorado e receptação. 

Os policiais encontraram no local 27 quilos de pólvora, uma pistola calibre 357, um revólver calibre 38, um rifle calibre 22, 4,8 mil munições de calibres diferentes, 35.600 mil unidades de espoleta (responsável pela detonação do disparo), três máquinas para limpar estojos (cápsula da munição), nove máquinas de recarga, duas espingardas de ar comprimido, seis coldres de perna, um cunhete de munição militar, duas máquinas para regulagem de estojos, uma máquina para fundir chumbo, 100 mil estojos (cartuchos) de recarga, um cunhete militar para guardar munição, um escariador de estojo e dois coletes a prova de bala. 

Os galões com pólvora e os coletes apreendidos na fábrica clandestina tinham a marca da Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC). O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca), mas será encaminhado para a Delegacia Especializada em Armas, Munição e Explosivos (Desarme).
O Dia
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!