Notícia na Tela

Políticas e campanhas em estado de opiniões populares, onde estão os votados e eleitos?

Por Notícia na Tela
29 de agosto de 2019 18:19 Comentários
Reprodução: PTN NEWS
A história se repete com todos os capítulos desde muitos anos no que diz respeito aos representantes parlamentares da esfera estadual e federal. Aqueles que em suas caminhadas para conquista de votos formam seus grupos com seus representantes locais para discutir as demandas e acima de tudo isso iludir o povo e levar o voto.

Com quase 1/3 do segundo semestre nenhum grupo formado, nenhum deputado, senador apareceu para população que acreditou em suas falácias, tudo bem que não fisicamente, mas que das demandas discutidas em suas visitas alguma ação pudesse ser encaminhada e representada como cumprimento do compromisso assumido. 

Por que estas coisas acontecem? pela falta de conjuntura política?

Por falta de representatividade local pós eleição?

Falta entendimento ou aceitação do executivo local?

Por que todos fogem depois das eleições, será que vale mesmo apena votar em candidatos que não seja apoiados pela situação?

Questionamentos dos muitos que se escuta, mas que, de certa forma faz-se necessário e diversidade de ideias e projetos, ainda que pouco se discuta além do período eleitoral. Fazendo justiça, há sim alguns poucos movimentos (uns três) dos que antes pediam voto.

Nossa redação falou com algumas pessoas que também se incomodam com e contextualiza deste sumiço, confira:

JOSIMAR: Em nossa cidade a política corre nas veias, a cada pleito, surge um novo pequeno grupo ou liderança. 

Em 2018 foram mais de 170 candidatos a Deputados Estaduais votados em nossa cidade, sendo mais de 30 desses eleitos, Deputados Federais não foi diferente, mais de 150 levaram o voto e mais de 15 eleitos. 

Os deputados dos "grandes grupos" quem acompanha a política em nossa cidade ver que eles estão sempre por aqui em alguns eventos. Porém quando o assunto é emenda parlamentar ou no popular "obras"  a maioria deixa a desejar uns por não ter realmente uma conjuntura política instalada na cidade, outros por não ficarem satisfeitos com a sua votação local ( muitos representantes municipais vendem o voto que não tem) e em alguns casos não liberaram as emendas pois não tem a aceitação do executivo local.

Não acredito que os deputados fogem e sim que há uma “blindagem” de seus representantes municipais, que quando os trazem na cidade levam pra suas cozinhas e apresentam apenas a aqueles que acham interessante.

Depende: depende de quem seja os candidatos, dependem de quais representantes municipais compõe essa oposição, qual o projeto envolve? 

O eleitor precisa analisar tudo isso e ver se realmente vale a pena apoiar, votar.

Mas se olharmos especificamente pra nossa cidade desde os anos 2000 ela vem sendo sempre agraciada com diversas emendas parlamentares, talvez o que falta é uma divulgação de onde vem esses recursos e pra onde se destina e através de quem...

É preciso que o eleitor esteja atentos em quem está votando e acima de tudo acompanhar o trabalho de seus representantes tanto nas esferas municipais, quanto na estadia e federal.”

AELSON: Vejo que mais uma vez nós cidadãos tancredense fomos lesado por uma manada de candidatos copa do mundo.

Após campanha eleitoral a cidade segue o fluxo natural escassez dos serviços básicos ofertados a população saúde, educação, segurança, infraestrutura as maquiagens foram desfeitas e a dura realidade mostra sua face.
Notícia na Tela
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!