Notícia na Tela

Prefeito de Gandu contratou empresa de advocacia que defendeu seu pai em 2008, sem licitação

Por Notícia na Tela
10 de setembro de 2019 08:55 Comentários
Reprodução: Facebook
Assim que assumiu a prefeitura, em 2017, o prefeito Leonardo Cardoso, sem licitação, contratou a empresa Lins & Lins Advogados Associados, para prestar serviços técnicos especializados de Consultoria e Assessoria Jurídica em Direito Administrativo e Municipal com os Tribunais de Contas de todas as esferas de governo. O valor do contrato firmado entre as partes, alcançou os R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais), as quais foram pagos em 12 parcelas de R$ 10.000,00 (dez mil reais) cada.

A empresa, contratada na época, é a mesma empresa que, em 2008, prestou serviços jurídicos ao ex-prefeito Manoel Dantas Cardoso, pai de Leonardo Cardoso. No processo respondido por Neco, havia riscos do mesmo ter sido afastado do cargo, o que não aconteceu.

Meses depois, já em junho do mesmo ano e também sem licitação, uma outra empresa, sediada em Brasília, onde o prefeito trabalhava, firmou um contrato lucrativo e que renderia pouco mais de R$ 5 milhões a empresa William Ariel Arcanjo Lins Advocacia. Em números exatos, seriam R$ 5.627,383,52 (cinco milhões, seiscentos e vinte e sete mil trezentos e oitenta e três reais e cinqüenta e dois centavos).

O contrato tinha por objeto a prestação dos serviços técnicos especializados para ajuizamento de ação de execução de sentença, bem como todos os demais procedimentos judiciais e administrativos necessários para recebimento das diferenças de complementação ao FUNDEF – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério.

As informações foram publicadas por um site de Gandu.
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!