Notícia na Tela

Chefe da Secom recebe dinheiro de emissoras contratadas pelo governo Bolsonaro

Por Notícia na Tela
16 de janeiro de 2020 14:29 Comentários
O chefe da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, Fabio Wajngarten, recebe dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro (sem partido), segundo o jornal Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, o dinheiro é recebido por meio de uma empresa da qual é sócio. No ano passado, a Secom gastou R$ 197 milhões em campanhas. Wajngarten assumiu o comando da pasta em abril de 2019. Desde então, se mantém como principal sócio da FW Comunicação e Marketing, que oferece ao mercado um serviço conhecido como Controle da Concorrência. Tem 95% das cotas da empresa e sua mãe, Clara Wajngarten, outros 5%, segundo dados da Receita e da Junta Comercial de São Paulo.

A FW tem contratos com ao menos cinco empresas que recebem do governo, entre elas a Band e a Record, cujas participações na verba publicitária da Secom vêm crescendo. Em 2019, a Band, por exemplo, pagou R$ 9.046 por mês (R$ 109 mil no ano) à empresa do chefe da secretaria por consultorias diversas. O valor mensal corresponde à metade do salário de Wajngarten no governo (R$ 17,3 mil). Para Wajngarten, não há conflito de interesses.
Bahia Notícias
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br