Notícia na Tela

Gandu: Família acusa Hospital de negligência e diz que Secretaria da Saúde tentou camuflar o caso

Por Notícia na Tela
29 de agosto de 2020 22:32 Comentários
A família de um homem que morreu na última terça-feira, (25), em Gandu, acusa o Hospital João Batista de Assis de negligência e diz que à Secretaria Municipal da Saúde errou ao diagnosticar o paciente como portador do novo coronavírus. 

Segundo informou o Diário Paralelo, um dos filhos do falecido, Ademilton José Santana, de 54 anos, morreu por ter “recebido tratamento inadequado ao seu estado de saúde”. Uma nota divulgada pela família diz que o caso não tinha qualquer relação com à COVID-19.

“O resultado adquirido pelo LACEN negativou para o novo coronavírus e comprova que às medidas tomadas pela equipe médica agravaram o estado do paciente“, diz à nota da família.

Ainda segundo comunicado postado nas redes sociais, “às tentativas por parte da equipe de saúde do município de camuflar à situação não terá êxito”. “Todas às medidas judiciais estão sendo tomadas”, finalizou um familiar. A Secretaria da Saúde de Gandu ainda não se manifestou sobre o caso.
SB1
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br