Notícia na Tela

Bolsonaro desautoriza Ministério e diz que não comprará 'vacina da China'

Por Notícia na Tela
21 de outubro de 2020 10:50 Comentários
Nesta quarta, o presidente disse que não permite a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac anunciada no dia anterior pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. 

Bolsonaro afirmou que só compraria medicamentos com eficácia "comprovada cientificamente pelo ministério da Saúde e certificada pela Anvisa". 

Segundo matéria do Poder 360, o presidente também enviou mensagem aos seus ministros afirmando que "não compraremos vacina da China".

A fala do presidente vai na contra-mão de suas ações, como sempre. Ao longo de todo seu governo estes desmandos são frequentes, com autorização do mesmo o Brasil estocou 9 milhões em HIDROXICLOROQUINA.

Bolsonaro escreveu em uma de suas contas no Twitter:

A VACINA CHINESA DE JOÃO DORIA

- Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser COMPROVADA CIENTIFICAMENTE PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE e CERTIFICADA PELA ANVISA.

- O povo brasileiro NÃO SERÁ COBAIA DE NINGUÉM.
 

Será mais um Ministro em queda?