ESTAMOS


TEMPORARIAMENTE
Em MANUTENÇÃO!

Enquanto não voltaremos ao normal você pode tá acessando nossas notícias e informações:

Notícia na Tela

Duas linhas, 40 trens e 33 km de trilhos: o metrô de Salvador que descarrilou após bater em caminhão

Por Notícia na Tela
31 de maio de 2022 11:37 Comentários
Foto: Divulgação 
Em operação desde 2014, o metrô de Salvador-Lauro de Freitas funciona com 2 linhas e 33 quilômetros de extensão. O serviço funciona com duas linhas. A Linha 1 funciona de Pirajá até a Lapa, enquanto a Linha 2 vai do Acesso Norte até a Estação Aeroporto, que fica na cidade Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

O acidente desta terça-feira (31) aconteceu com dois trens, que tombaram após um deles bater em um caminhão de serviço – que é semelhante a um vagão –, na região da Estação Pirajá, onde fica o pátio operacional da concessinária CCR Metrô Bahia, responsável pelo metrô.

O sistema trabalha atualmente com 40 trens nas 20 estações, além de oito terminais de ônibus integrados ao sistema. Cerca de 370 mil passageiros são transportados diariamente entre Salvador e Lauro de Freitas. O serviço custa atualmente R$ 4,40. Mais de 1,4 mil trabalhadores prestam serviço à concessionária.

O Metrô da Região Metropolitana de Salvador é controlado por um Centro de Controle Operacional (CCO) , onde é feita a comunicação dos sistemas da via, dos trens, das estações e dos terminais de ônibus administrados pela CCR Metrô Bahia. A operação do sistema conta com mais de 2000 câmeras que fornecem imagens para o CCO durante 24 horas por dia.

Todos os sistemas de circulação de trens, fluxo de usuários, segurança pública operacional, sistemas e energia, bloqueios de entrada e saída, sistemas de ventilação, detecção e combate a incêndio entre outras funções.

Histórico
No dia 11 de junho de 2014, após catorze anos do início das obras, a Linha 1 do metrô de Salvador deu sua viagem inaugural com a presença da então presidente Dilma Rousseff, que percorreu 5,6 km no trajeto entre três estações. Na ocasião, o sistema contava com as estações Acesso Norte, Bonocô e Campo

No mês seguinte, o sistema ganhou mais 1,7 km e chegou a 7,3 km com a inauguração da estação Retiro. Em seguida, a Linha 1 ganhou mais três estações: Bom Juá, Pirajá e Lapa. Atualmente o sistema está com obras de ampliação da Linha 1 que vai ganhar mais 8 km em direção à BR-324, com as futuras estações Campinas e Águas Claras/Cajazeiras.

Já a Linha 2 teve as primeiras estações inauguradas em 2016, e em dois anos chegou a Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, com 12 estações. O contrato de concessão do Governo do Estado com a CCR Metrô Bahia prevê ainda a construção de uma outra estação na cidade Lauro de Freitas, que daria nome á estação.

No entanto, os estudos para ampliação só podem começar após um gatilho contratual que aponta que é preciso que a estação Aeroporto mantenha por seis meses seguidos a média de seis mil usuários em horário de pico. A partir daí, os estudos para ampliação passam a ser feitos com posterior execução da obra de ampliação

O acidente
Na manhã desta terça (31), dois trens tombaram após um deles bater em um caminhão de serviço – que é semelhante a um vagão. Por causa do acidente, a linha 2 está funcionando em velocidade reduzida, em modo de emergência.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram deslocadas para o lugar do acidente. Dois trabalhadores ficaram feridos e foram levados para o Hospital do Subúrbio. Não há detalhes sobre os estados de saúde das vítimas.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram deslocadas para o lugar do acidente, mas os trabalhadores foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros.
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Imagens gravadas no local mostram que a parte da frente de um dos trens descarrilou, depois dessa batida. Com esse descarrilamento, o trem tombou e atingiu o outro trem, que também estava no mesmo local, no trilho ao lado.

Em outros vídeos feitos no dentro do transporte, os passageiros aparecem sendo retirados dos vagões por trabalhadores fardados. Essas pessoas não aparentavam ferimentos e precisaram andar pelos trilhos do metrô.
g1 BA
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br