ESTAMOS


TEMPORARIAMENTE
Em MANUTENÇÃO!

Enquanto não voltaremos ao normal você pode tá acessando nossas notícias e informações:

Notícia na Tela

Só falta dizer que foi decapitado, ironiza diretor do Colégio Integral após aluno ser agredido por colega

Por Notícia na Tela
8 de junho de 2022 14:28 Comentários

Reprodução/Google Maps
O diretor do Colégio Integral, Paulo Rocha, ironizou os áudios que circulam nas redes sociais falando sobre o caso de um aluno de 13 anos que teria agredido o colega de 11, na capital baiana. Durante uma entrevista a um programa local, o diretor afirmou que ‘só falta dizer que foi decapitado’, após afirmarem que o aluno agressor chegou a colocar o ouvido no coração do colega para saber se ele ainda estava vivo.

Ele negou que a agressão tenha sido na violência que foi descrita nos áudios que circulam nas redes sociais: “Na hora do intervalo botou o menino numa sala e bateu, bateu, bateu, os seguranças viram na câmera depois, bateu tanto nele que o menino saiu se arrastando pra pedir ajuda, ainda botou o ouvido assim no coração dele, no peito pra saber se o coração ainda estava batendo, se picou e largou ele lá no chão, apagou a luz, tudo isso ele fez", diz uma pessoa no áudio que circula nas redes sociais.

Segundo o diretor, o garoto agredido já teve alta hospitalar, após fazer ressonância magnética e tomografia.

O diretor afirmou que o garoto de 13 anos sempre foi um aluno exemplar e nunca teve uma única advertência. "Era referência. Se desestruturou emocionalmente, não sabemos por que foi, buscamos os órgãos oficiais, Conselho Tutelar no Caminho das Arvores e Ministério Público da Bahia.
BNews
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br