ESTAMOS


TEMPORARIAMENTE
Em MANUTENÇÃO!

Enquanto não voltaremos ao normal você pode tá acessando nossas notícias e informações:

Notícia na Tela

Garota estuprada e morta foi queimada viva; crime foi por vingança, diz polícia

Por Notícia na Tela
25 de julho de 2022 14:25 Comentários
Bianca Rodrigues Siqueira Lima, de 11 anos, morta na última sexta (22) a caminho da casa da avó, além de ter sido estuprada e esganada, também teve o corpo queimado enquanto estava viva. As informações são da Polícia Civil, que concluiu também que o crime teria como motivo uma desavença entre o autor do homicídio, um jovem de 22 anos, e o padrasto da vítima.

Bianca, que morava na zona rural da cidade de Areal, no interior do Rio de Janeiro, foi encontrada morta no sábado (23), no município vizinho de Paraíba do Sul, mesmo dia em que completaria 12 anos.

Populares de Areal viram o momento em que a menina foi subiu na moto do rapaz, enquanto estava nas proximidades da casa da avó. Quando detido pelos agentes policiais, o jovem confessou o crime. Durante o depoimento, ele afirmou que estuprou, matou a vítima estrangulada e, em seguida, ateou fogo no corpo.

O resultado da necropsia, no entanto, apontou que após ter sido estrangulada, Bianca permaneceu viva e que a sua morte foi por queimadura, uma vez que havia vestígio de fuligem no pulmão, como informou o delegado responsável pelo caso, Cláudio Batista Teixeira, em entrevista.

De acordo com a apuração do portal, o que levou o rapaz a matar a adolescente foi uma desavença entre ele e o padrasto da garota, que é pai da sua ex-companheira. O jovem culpava o homem pelo fim do relacionamento dos dois. Matar Bianca seria, portanto, uma forma de atingi-lo.

O autor do crime foi autuado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. A previsão é que ele seja transferido nesta segunda (25) para um presídio do complexo penitenciário do estado do Rio de Janeiro, onde passará por uma audiência de custódia.
Bnews
NOTÍCIA NA TELA www.noticianatela.com.br